Follow Us @soratemplates

29 de dezembro de 2014

Os melhores álbuns de 2014

dezembro 29, 2014 2 Comentários

Época de fim de ano é o tempo perfeito para sites/blogs fazerem uma análise das melhores coisas que se passaram durante os últimos 365 dias. O Não me venha com desculpas não poderia ficar de fora, e por isso resolvi fazer a relação dos álbuns/artistas que mais tocaram no meu iTunes neste ano. Tem pra (quase) todos os gostos: rock, (muito) pop, raggae...

Confira abaixo os melhores álbuns lançados no ano de 2014! 


Taylor Swift – 1989
Saindo da linha country, a Taylor mostrou pro mundo que ela pode sim inovar, se reiventar, continuar diva e que tem músicas falando sobre seus relacionamentos pra mais uns 10 álbuns. Hahahaha.

O álbum “1989”, referente ao ano que ela nasceu, tem uma pegada bem pop. É legal ver a Taylor cantando esse estilo musical, mas o diferencial dela sempre foi o country. Ou seja, com esse disco ela puxa mais responsabilidade pra si, já que vai concorrer diretamente com outras divas, como Katy Linda Perry.

Músicas preferidas: Bad Blood, All You Had To Do Was Stay, Wildest Dreams
Maroon 5 – V 
Após 2 anos sem lançar nada, Maroon 5 me presenteou com o álbum “V”, que foi lançado no dia 29 de agosto (meu aniversário foi dia 31 de agosto). Mais uma vez foi impossível encontrar defeito nas músicas e na voz do Adam Levine. Fiquei viciado durante um bom tempo no disco!

Nesse álbum, todas as músicas foram compostas pelo Adam e elas basicamente falam sobre recomeçar e nunca desistir de um novo amor. Nessa época, eu precisava mesmo deixar de lado algumas coisas...

Músicas preferidas: Unkiss Me, New Love, Feelings, Leaving California e Sugar

CPM 22 – Acústico 

Okay! Este álbum foi lançado quase no fim de 2013, mas ele foi o que mais tocou no meu iTunes. Ele também foi escolhido em 2013 como o melhor álbum de rock nacional pelo UOL.

Sempre fui fã do CPM 22 e esse álbum foi um presente pra todos que adoram a banda, pois os caras pegaram as músicas antigas e gravaram ao vivo, em versões acústicas. Teve também o lançamento de uma música nova, a “Perdas”.


Músicas preferidas: Regina Let’s Go, O mundo dá voltas e CPM 22
 Ed Sheeran: X 
Impossível não listar esse álbum do Ed Sheeran. Ele me acompanhou durante tantas madrugadas de deprê... Na trilha sonora da minha vida, com certeza terão pelo menos três músicas dele. <3

Nesse álbum, eu não vi nada de muito diferente do que o Ed já faz, mas mesmo assim gostei. As músicas são super gostosas de ouvir, algumas tem aquela pegada de hip-hop e R&B. <3 P.S.: ainda não recuperei depois de ver o clipe de “Thinking Out Loud”.

Músicas preferidas: Thinking Out Loud,  I’m a Mess, Take It Back e Shirtsleeves
Onze:20 – Vida Loka 
Há algum tempo eu já tinha ouvido falar sobre o grupo de raggae/rock Onze:20, mas só nos últimos meses que eu fui pesquisar sobre eles. Daí foi uma tacada só: tive baixar toda a discografia.

Para a minha alegria, até agora não encontrei nenhuma música que eu não tenha gostado. As letras falam sobre relacionamentos complicados e traz aquela mensagem de que tudo vai ficar bem no final, basta você não levar tudo tão à sério.

Músicas preferidas: Sem medo de amar, Saudade e Querendo te encontrar

E esse foram os melhores álbum adquiridos/baixados neste ano. Quais foram os de vocês? 

26 de dezembro de 2014

Dicas de aplicativos: conheça 4 apps incríveis

dezembro 26, 2014 6 Comentários

#VouConfessarQue desde quando os aplicativos para celulares se tornoram popular, eu virei “o louco dos Apps”. Quando falam que lançou tal app que faz isso ou aquilo, lá estou eu baixando. Antes eu só pegava os que eram gratuitos, mas, né, às vezes aparecem uns “baratinhos” que valem à pena!


A verdade é que alguns aplicativos facilitam demais a nossa vida (como os de banco) e outros são puro entretimento (caso do Spotify). Foi pensando nisso que eu resolvi mostrar para vocês alguns dos aplicativos que ando usando com bastante frequência. 

Tattoo You (Apenas para iOs

Conheci o Tattoo You quando estava procurando um aplicativo para tatuagens fakes, já que até hoje estou indeciso sobre qual fazer. O aplicativo é fácil de mexer: você carrega uma foto que deseja editar e vai escolhendo as centenas de ilustrações disponibilizadas pelo tatuador mundialmente famoso, Corey Miller. Dá pra passar um bom tempo por lá criando várias montagens! :) 




MyFitnessPal (iOs e Android

Para os que querem começar o ano com o pé direito e perder alguns quilos, aqui vai a minha dica! O MyFitnessPal é aquele aplicativo que conta as calorias das comidas que você comeu.

O MFP é ótimo porque ele te dá a noção das quantidades de colorias que você comeu e que ainda pode comer, até chegar ao limite total de 2000 kcal diárias. Ideal para o pessoal que gosta de ter o controle de tudo! 




O Replay foi considerado pela Apple como um dos melhores aplicativos deste ano. Pudera, né?! Nesse app a gente consegue fazer edições rápidas de vídeo com a mesma qualidade do Sony Vegas e até mesmo o Adobe Premiere. Não tô brincando. É sério! 

Sabe aqueles vídeos de fotos que as pessoas postam nas redes sociais? Com o Replay é possível fazer com uma qualidade beeeeeeem melhor!

Meu Carrinho (iOs e Android)

As donas de casa adoram o Meu Carrinho e eu também! Nele você pode fazer sua lista de compras e, quando estiver no supermercado, ir inserindo o valor dos produtos que você colocou no carrinho. E o melhor é que ele vai somando automaticamente o valor total das compras. Ou seja: nada de passar vergonha ou levar um susto quando for passar as compras no caixa.

Confesso que ando querendo sempre fazer as compras de casa após conhecer esse app, pois ficou divertido ir ao supermercado. #mejulguem 

Enfim, esses são os aplicativos que eu ando usando com frequência, além das milhares de redes sociais. Contem aí os preferidos de vocês! :)

22 de dezembro de 2014

Que venha 2015!

dezembro 22, 2014 8 Comentários

Sem dúvida alguma, o ano de 2014 foi um dos melhores da minha vida, mesmo com as trocentas frustrações que ele me trouxe. Se eu pudesse definir em uma palavra este ano, seria amadurecimento. De verdade: esse ano me autoconheci, me permiti conhecer profundamente as pessoas e, agora sim, estou preparado para lidar com os diversos problemas que a vida põe no meu caminho.

Em alguns momentos deste ano a minha vontade era simplesmente de ficar deitado na cama, querendo que tudo e todos se fodam. Mas daí eu pensei: preciso mesmo agir dessa forma? Por que toda essa revolta? Se eu fizer diferente (e encarar os problemas de outra maneira) as coisas irão se resolver?

Após esses questionamentos, percebi que estava perdendo tempo com atitudes insanas e resolvi voltar a agir, a planejar, a fazer listas, a construir objetivos... Falando em objetivos: o que seria/será da nossa vida se não mantivermos a fé de que um dia realizaremos todos os nossos sonhos? Ter objetivo é fundamental para uma boa vivência.

No quesito amoroso, a minha falta de sorte (?) continua a mesma. Me apaixonei por algumas pessoas e, felizmente, percebi a tempo que nenhuma valia à pena. Mais do que nunca, hoje acredito firmemente naquela máxima de que as coisas certas virão no seu devido momento; não adianta querer apressar o mundo, pois, por mais estranho que seja, ele sempre sabe o que é melhor para a gente.

Resumindo 2014: foi um ano que não me trouxe nada atípico, mas me ensinou grandes lições, principalmente a saber que o vizinho do lado pode estar sofrendo bem mais do que a gente, e que um “oi, tudo bem!” à estranhos não faz mal a ninguém.

Espero que 2015 seja um ano de grandes realizações, estudos, festas, trabalho e, principalmente, que as pessoas aprendam que tudo é possível quando o querer é verdadeiro.


Feliz natal e ano novo, minha gente! Que venha 2015!