Follow Us @soratemplates

31 de outubro de 2017

Desafio: 11 metas pra realizar em 30 dias

outubro 31, 2017 14 Comentários
Yay! Finalmente o ano tá (quase) acabando! Quando estávamos em agosto, jurava que o tempo travaria por ali mesmo... :D Brincadeiras à parte, resolvi que o meu novembro será agitado, alegre e tals. Por isso, resolvi fazer uma listinha com 11 coisas que quero (e vou!) realizar no 11º mês de 2017. ;)

Quem me conhece já deve saber que sou #alokadaslistinhas... Virginiana das piores, migs! Se deixar, faço listas com desejos bem absurdos, tipo: entrar no BBB, conhecer a Gaga, DESENCALHAR (missão quase impossível!!!), ficar ryca, etc.

‘Vamo’ partir pra lista? Okay! :P1) Emagrecer 4 kgs:
Independente da quantidade de kgs que irei perder, quero só continuar focado na reeducação alimentar que tá funcionando SUPER. 💪

2) Não faltar nenhum dia na faculdade:
Posso até faltar alguns dias durante a semana e repô-los à tarde, indo estudar na biblioteca. #oremos 📒

3) Ajudar mais nas tarefas domésticas:
Quero mandar a preguiça pra PQP e ajudar mais minha mamys em casa. 🙏

4) Fazer sessão de fotos caseira:
Agora que tô emagrecendo, tô me curtindo mais. Na verdade, a autoestima tá melhorando! Quero muitas fotos e closes!

5) Ler 3 livros:
Seria loucura querer ler todos os que ‘tão à espera, portanto, pretendo finalizar a leitura dos últimos 3 livros que comprei.

6) Colocar as séries em dia:
Depois que descobri o app “TV Show” tô doido pra colocar as séries em dias. Em nome de Jesus terminarei a 1º temporada de “This is Us”... 💗

7) Gravar vídeos:
Youtube dá dinheiro e eu quero ficar ryca, logo, gravar vídeos é o caminho. #aloka Pelo menos um vídeo por semana eu quero produzir. Sei que sou capaz e tenho criatividade pra isso! 🎥

8) Voltar a dormir antes de meia-noite:
Dormir cedo faz bem e aumenta a minha disposição ao madrugar no outro dia pra fazer aeróbico em jejum. Recomendo a todos. 😴

9) Visitar a casa dos idosos da minha cidade
Amo conversar com idosos! Eles me transmitem uma paz tão grande... Em novembro, quero reunir alguns migos pra fazer uma visitar ao velhinhos e levar mais alegria a todos. 😍

10) Ir à missa todos os domingos
Me afastei da igreja e nem sei o motivo. Sinto que tá na hora de eu voltar àquela “rotina-nortuna” que me fazia tão bem.

11) Evitar opiniões polêmicas
Ando discutindo muito com os meus amigos sobre assuntos polêmicos. Se eu continuar com esse mimimi, vou acabar é sem amizades. Melhor guardar algumas opiniões só pra mim mesmo. 💬

Enfim, essas são algumas metas pra novembro. Se eu conseguirei? Tomara que sim! Se tu tiver algum desejo pra este mês, conte aí nos comentários e vamos trocar figurinhas.  😘

29 de outubro de 2017

Foi erro meu...

outubro 29, 2017 21 Comentários


Oiê! 😊

Devo começar esta carta dizendo que já não sinto mais nada por ti. Demorei 3 anos pra me curar daquele sentimento inexplicável, e hoje curado estou. Na verdade, nem é tão difícil definir o que sentia... Acho que confundi tudo, acreditando que a paixão seria correspondida. Ledo engano, acontece. 😉

Sonhei contigo na última noite. Após tanto tempo sem aparecer nos meus devaneios noturnos, tu deu as caras novamente. Dessa vez eu me assustei, pois recebia a notícia da tua morte. Coisa doida, né?! Fui até pra internet pesquisar sobre simbologias, etc... 😂 Felizmente, o resultado foi positivo. 


De acordo com os astrólogos, sonhar com uma ex-paixão morrendo nada mais é do que a mente demonstrar que a cicatriz que ficou foi curada. Parece até poético, mas é real. Por aqui está tudo bem e já não sinto mais aquela vontade de chorar quando alguém, por acaso, fala sobre ti. 👍

Antes de escrever esta carta, abri tuas redes sociais pra ver o que andava aprontando. Como já era de se imaginar, encontrei poucas postagens e lembrei que, realmente, tu é discreto quanto à vida pessoal.

Como tu mudou fisicamente! Quando te conheci, tu tinha 17 anos e eu 19. Foi paixão à primeira vista, e nem foi por conta do teu corpo, já que nem bombadão tu era. Confesso que fiquei um pouco chocado ao ver quão "monstro" ficou... Aprovado, viu?! 😜

Pra não me prolongar ainda mais, quero com essa carta só relembrar o que já te disse várias vezes, em 2014, inclusive naquela cartinha que entreguei antes de tu partir pra SP.

Espero que tu seja muito feliz! Independente da forma como me usou e das feridas que deixou, te desejo somente a felicidade... Siga o teu caminho aí que eu vou seguindo o meu por aqui! Talvez, um dia a gente se reencontre... Seria maravilhoso poder te abraçar e ver pessoalmente uma pessoa que me ajudou a crescer, mesmo quando não tinha essa intenção.

Seja feliz, D. 💙💛



25 de outubro de 2017

Infantil, ingênuo, bobo... O que realmente sou?

outubro 25, 2017 5 Comentários
Existe idade certa pra ser feliz? Onde está o manual contendo as instruções da vida? Só quero as respostas às esses dois questionamentos, pois viver está se tornando cansativo; a graça acabou já faz um tempo.

Tenho 23 anos, gosto de brincadeiras infantis e de estar rodeado de crianças/adolescente – talvez essas características até justifiquem os meus atos. Tô crescendo em idade, mas não em maturidade. Parece que ainda estou na casa dos 15, à espera de um namoradinho e aventuras pra contar quando estiver velhinho.

Os meus amigos vivem dizendo que sou crianção, e eu super concordo! Ainda curto seriados da Disney, músicas de artistas teens... Sonho também com uma cartinha chegando até mim com um pedido de namoro (não que eu já tenha entregue uma pra um garoto da faculdade, passando a ser alvo de piadinhas assim que cheguei ao ensino superior).

Acho uma babaquice levar tudo à sério. Claro, há momentos em que devemos agir com um tom maior de seriedade. Mas, pra que viver pilhado, emburrado, sendo grosso e nunca abrir um sorriso, mesmo diante de diversos problemas?

Meu amigo, os problemas surgem na nossa vida desde o primeiro momento em que vimos o mundo pela primeira vez. Na verdade, dentro da barriga das nossas genitoras já rolava aquela falta-de-espaço-básica pra se mexer. Logo, tretas é o que mais aparecerá na nossa vida, o que diferencia o ser humano é como ele se comportará diante de cada situação.

Eu prefiro ver tudo colorido, pois o mundo em si já anda preto e branco, com muita guerra, falta de amor, etc. Por enxergar tudo mais “simples” do que os outros e fazer piadas diante de “desgraças”, muitos me acham infantil por isso, negativando minhas atitudes.

Sinceramente, que continuem me achando uma criança.

Vou continuar, sim, dançando músicas do Rouge! Irei sorrir pra vida quando estiver no fundo do poço, mantendo no olhar aquele brilho de ingenuidade, pois passar por cima dos outros não faz parte dos meus planos e da minha personalidade.

Com certeza continuarei a escrever em diários, amando a cor rosa e flores, além de dedicar boa parte do meu tempo planejando coisas incertas. Crianção, sim! Crianção feliz e que só tem um desejo nessa vida: todos amarem e serem amados.

Pensando bem, acho que não sou tão infantil assim, pois desejo às pessoas paz, saúde, felicidade e, claro, muito amor.

22 de outubro de 2017

Raven está de volta com filhos e novas vidências

outubro 22, 2017 4 Comentários
Com certeza você já deve ter visto algum episódio de “As visões da Raven”, seja na tv aberta (SBT) ou canal à cabo (Disney). O seriado ficou no ar de 2003 a 2007, sendo um dos mais engraçados e inteligentes da época.

Pra quem não conhece, “As visões da Raven” conta fatos da vida de uma adolescente que de comum não tem nada. Ela é artista, destrambelhada e louca. Em todos os episódios a menina aprontava algo, tendo como base as suas previsões do futuro. Infelizmente a série foi cancelada.

Como Raven é muito querida na Disney, os produtores resolveram criar um spin off, cujo o nome escolhido foi “Raven’s Home” (“A casa da Raven”, em português). O melhor de tudo é que surgiram novos personagens ainda mais divertidos. 😍

Em “Raven’s Home” somos apresentados aos filhos-gêmeos de Raven, são eles: Booker e Nia. A melhor amiga da vidente, Chelsea, também está de volta e com um garotinho lindo, o Levi. Tem também a Tess, uma vizinha-adolescente que vive mais tempo com essa turma do que com a própria mãe.

Nesta nova fase da história, nos deparamos com um mundo totalmente moderno, onde Raven e Chelsea estão compartilhando o mesmo lar após se separarem dos maridos. Juntas, as duas têm de enfrentar o desafio da maternidade, passando aos seus filhos um pouco de orientação e disciplina. Porém, o que fazer quando elas são mais infantis do que os próprias crianças? O problema é grave e, felizmente, nos garante boas risadas! 😂😂

Agora vamos à boa notícia: “Raven’s Home” começará a ser exibida aqui no Brasil, no dia 29 de outubro na Disney Channel. Nos Estados Unidos a 1º temporada já foi exibida... Vi todos os episódios e amei muito!



Se você procura uma série divertida e epis curtos (não passam de 25 minutos), fica aí a dica. Tenho certeza de que Raven e a sua turma irão lhe animar muito com as aventuras presentes em cada episódio. E sim, a segunda temporada já foi confirmada! ;)

18 de outubro de 2017

Mapa dos sonhos: saiba como fazer e por que ter um

outubro 18, 2017 6 Comentários
Sonhos são diferentes de objetivos. Estes permanecem apenas no nosso imaginário, já o outro é algo mais real (é o ato de querer e correr atrás pra realizar!). Porém, um não é menos importante do que o outro. Precisamos de sonhos, desejos e metas pra sobreviver e tornar a vida mais interessante.

Durante boa parte do tempo estamos na luta pra concretizar objetivos, esquecendo-nos dos sonhos. Na verdade, até lembramos, mas não fazemos nada pra realiza-los. Desse modo, o pessoal ligado em astrologia descobriu uma forma de não deixa-los de escanteio. Daí surgiu o mapa dos sonhos.

O mapa dos sonhos nada mais é do que listar num papel o que tanto deseja pra sua vida, mas, no momento, não dispõe de tempo pra correr atrás. Ou seja: a lei da atração vai funcionar a partir do momento em que você externalizar aquilo que tanto quer. Pode ser qualquer desejo: viagem, dinheiro, saúde... Não precisa ter medo do que for pedir! ;)

Como fazer

Não é complicado fazer o mapa dos sonhos! Você precisará apenas de: tempo, folha em branco e caneta.

Na folha em branco, coloque o seu nome (centralizado) e logo abaixo a data do seu aniversário. Puxe setas para os quatro cantos do papel; cada lado terá um tópico diferente (ex.: saúde, educação, trabalho, relacionamento). Abaixo de cada segmento você tem de colocar o que deseja:

Ex.: Vou ficar cada dia mais saudável; Vou terminar a faculdade; Vão me chamar pra trabalhar e o meu salário será ótimo; Alguém interessante irá aparecer na minha vida e o relacionamento será incrível.



Obs.: Não faça pedidos pra outras pessoas, tipo um parente, amigo, etc. O mapa dos sonhos é individual.  Ah!, inicie o pedido com palavras otimistas, tais como "vou conseguir...".

Sempre que algum item do seu mapa se realizar, coloque um coração na frente  com um agradecimento ao lado. Quando todos estiverem concretizados, guarde-o em um local seguro e faça outro.

Pra que os sonhos sejam realizados rapidamente, deixe o seu mapa em um local de fácil acesso e que você possa vê-lo diariamente. É aconselhável também lê-lo em voz alta sempre que puder, com muita esperança e fé. As energias positivas serão enviadas pro universo e mais rápido os sonhos serão concretizados. ;)

Nunca esqueça disso: o universo nos dá aquilo que merecemos. Ou seja, a realização dos seus sonhos dependerá também das suas condutas. Portanto, seja uma boa pessoa sempre! 😘

16 de outubro de 2017

Você quer perfeição, bb?

outubro 16, 2017 20 Comentários
Tempos modernos. Era digital. Época em que fotos não são apenas registros de momentos, mas um meio de promoção pessoal, trabalho e afins. Em meio à todo esse rebuliço, surge também a preocupação excessiva com a aparência. “Esse lado me valoriza? O ângulo tá bom?”, dizem as pessoas durante um simples clic no bar, que com certeza será postado em todas as redes sociais.

Não sei onde a evolução-mental-humana parou, o que sei é que tá foda viver. Estamos numa fase em que poucos buscam enriquecer o intelecto, mas sim obter o corpo dos sonhos. Seja na academia, através de cirurgias plásticas ou outros procedimentos estéticos.

Sem dúvida alguma, a internet tem um pouco de culpa nessa busca pela perfeição, pois ninguém quer se mostrar feio no mundo virtual. Todos querem ser divos, maravilhosos, maromba...

Gordurinha aparecendo numa foto? Que horror! Que venha mais uma plástica! Pelanca debaixo do braço? Deus é pai! Academia já! E nessa loucura toda as pessoas estão pirando, deixando de valorizar o ser humano pela sua essência, e sim aparência. 

Não é preciso de pesquisas pra comprovar que a ditadura da beleza está fazendo com que os casos de depressão aumentem. Muitas mulheres, por exemplo, por não chegarem ao corpo que a mídia vende, acabam se depreciando, automutilando... algumas até partem pra remédios que garantem resultado milagroso, mas, na verdade, só aumentam o quadro depressivo.

Pra saber se você também anda nessa busca desenfreada pela perfeição, recorde agora o total de fotos que deixou de postar na internet só porque se achou gordinha, muito feia ou totalmente diferente do padrão.

Ei, miga! Devemos nos amar pelo que somos. Pela mente fodida, pelo corpo (gordo ou não!) que nos possibilita andar por esse mundão... Com certeza a vida ficará mais leve se nos julgarmos menos. Melhor mesmo é deixar esse papel pra sociedade desocupada, que insiste em controlar os nossos passos e pensamentos.

Se ame e procure sempre motivos pra ter uma vida mais de boa e feliz. Fácil nada será, te garanto! Mas, o universo nos dá possibilidades todos os dias. Use-as pra desenvolver o amor próprio e não cair em ciladas de filtros e mais filtros online. Aos olhos de Deus, todos nós somos perfeitos. Isso basta!

11 de outubro de 2017

As regras da separação

outubro 11, 2017 8 Comentários
No começo tudo é maravilhoso. As expectativas depositadas na relação são altas e otimistas. Porém, chega um momento em que o casal não está mais em sintonia, não podendo seguir na caminhada juntos. A separação é inevitável. 💔

Como passar por isso? Como enfrentar essa avalanche de medo, dor e inconsciência mental? Agarrar o primeiro que surgir ou dar uma pausa pro coração? Eu sei, são muitos questionamentos!

Assim como existem regras pra amar, também há pra separação. Esses “mandamentos” não foram escritos por ninguém, são simplesmente óbvios. Toda e qualquer pessoa de mente aberta consegue captá-los. Veja só.

1- Desapegar dói
Imaginar a pessoa longe da gente é tão doloroso. É difícil também não ter mais aquela rotina, cumplicidade e união. Mas, infelizmente, a vida quis assim. E se ela optou por isso, melhor mesmo é recolher toda a sua insignificância e correr atrás de novos ares, se amando mais e conquistando objetivos.

2 – Entrar em um novo relacionamento é furada
Tem gente que acha certo terminar uma relação hoje e começar outra logo em seguida. Burrada das grandes. E as feridas? Como elas irão curar? A outra pessoa é o remédio? E se o remédio não funcionar e ela só te machucar mais?

Lá vai um segredo: não precisamos de ninguém pra curar nossas feridas, basta o amor próprio e confiança no tempo.


3 – Amigos são fundamentais
Geralmente, quando estamos em um relacionamento, tendemos a abandonar as amizades. O parceiro se torna o foco da vida, o nosso bem mais precioso. Outro erro.

Amigo é amigo. Quando você está namorando, sozinho, com rolos, etc... amigos são amigos sempre. Por isso, deixá-los de escanteio é sinônimo de burrice. Enquanto estiver passando por o processo de separação, grude neles para receber energia positiva, força e alguém pra abrir seus olhos.

4 – Ter medo é normal
Super compreensível aqueles discursos de que não quer mais entrar em relacionamentos, de que vai se tornar assexuado e tals. Super normal mesmo! Dependendo da relação em que você estava, os traumas aparecem e é chato ter de lidar com eles.

Pra driblar o medo e continuar na busca pela felicidade, se rodeie de positividade. Sorria, ouça músicas alegres, vá à novos lugares... só não dê espaço pra deprê aparecer. Medo sim, bad vibes não.

No fim, a separação nos fortalece. Quantas e quantas vezes tivemos que dar adeus a alguém que nos machucou?  A queda é inevitável e o levantar, meu amor, tem de ser excepcional, com direito a todos assistindo você brilhar. Vai por mim: há males que vem pro bem! ✌✌

9 de outubro de 2017

Gordo também tem sentimento

outubro 09, 2017 11 Comentários
Se tem uma coisa que amo, são histórias baseadas em fatos reais. Juro. Fico tão curioso pra saber mais sobre o que aconteceu com a pessoa... À procura de novas séries pra acompanhar, um amigo me indicou “My Mad Fat Diary”, e bastou dizer que a produção não era 100% ficção pra eu começar a dar pulos de alegria. 😍

“My Mad Fat Diary” é um seriado britânico que tem apenas 3 temporadas, o suficiente pra fazer com que a gente conheça mais sobre o mundo de Rae. A história é baseada no diário escrito por Rae Earl, quando era adolescente e enfrentava um turbilhão de emoções.

No seriado, a adolescente de 16 anos está acima do peso, sofre com compulsão alimentar e automutilação. A história começa quando ela recebe alta da clínica de reabilitação. Após passar 4 meses internada, Rae tem de voltar à antiga vida ao lado da mãe e sua única amiga. Porém, tudo vira de ponta à cabeça.

Rae não conta a verdade à sua amiga sobre o que fez durante os 4 meses em que esteve ausente; pra sociedade, ela estava viajando pra outro país. Decidida a dar um novo rumo à sua vida, a adolescente tenta ser mais segura, se amar mais e tals. Contudo, como é muito sensível, acaba se decepcionando com algumas atitudes dos amigos, da sua própria mãe... até que vem a tentativa de suicídio. Sim, o seriado é pesado e surpreendente!
O mais legal de “My Mad Fat Diary” é que ele mostra que nós, gordinhos, também temos sentimentos, podemos ser descolados, populares e tals. Por dentro de cada um bate um coração, e ele quer amar e ser amado. Se pudesse resumir o seriado, poderia ser assim: uma produção maravilhosa, que não peca em nada ao mostrar os dramas-diários-enfrentados-por-quem-está-acima-ao-peso. 💗